Menu
21º min
32º min

19/03/2019 às 16h09

Jovem faz ‘piada’ com massacre de Suzano e é preso com armas de brinquedo

Jovem se defendeu afirmando que tudo não se passava de uma “brincadeira”, alegando não ter qualquer tipo de envolvimento com o ataque ocorrido em Suzano


1 News - Topmidia News
Foto: Reprodução/1 News

Após o massacre ocorrido na escola no município paulista de Suzano, no dia 13 de março, uma série de polêmicas começaram a circular pelas redes sociais, principalmente por elogios feitos para os assassinos, novas ameaças de ataques, e piadas com a tragédia.

 

A Polícia Civil realizou um trabalho de busca e apreensão na residência de um rapaz de 18 anos de idade, o qual publicou em uma rede social uma ameaça para uma escola localizada na capital Belo Horizonte. O ocorrido se deu na última sexta-feira (15), quando ele foi ao seu Twitter publicar uma imagem onde aparece cobrindo o rosto com uma camiseta, ao mesmo tempo em que segurava uma arma e uma faca.

 

No texto que acompanha a fotografia, ele faz uma mensagem dizendo que na próxima segunda faria o ataque a uma escola. Rapidamente o conteúdo viralizou pelas redes sociais, fazendo com que pais, alunos e professores ficassem em estado de choque.

 

O alívio por parte da comunidade local que foi ameaçada só veio no domingo (17), quando souberam que a polícia havia apreendido o rapaz autor das ameaças. Na casa do adolescente a Polícia Civil encontrou duas réplicas de armas de fogo, além de uma faca. Computador, pendrive, celular e um caderno da escola ameaçada também foram detidos.

 

Na delegacia, onde prestou depoimento, o rapaz se defendeu afirmando que tudo não se passava de uma “brincadeira”, alegando não ter qualquer tipo de envolvimento com o ataque ocorrido em Suzano, bem como não haver a intenção de executar a ameaça realizada.