Menu
21º min
32º min

20/03/2019 às 10h15

Homem é preso por engravidar menina de 11 anos

O inquérito se encontra em fase de conclusão, podendo resultar inclusive na responsabilização dos pais da menina.


Diario Corumbaense
Foto: Divulgação

Homem foi preso na segunda-feira pela Policia civil de Ladário

Homem identificado pelas iniciais A.A.C., de 32 anos, foi preso pela Polícia Civil de Ladário, acusado de estupro de vulnerável. A prisão aconteceu na tarde de segunda-feira, 18 de março, nas proximidades da rua Cabral, em Corumbá. O indivíduo engravidou uma menina de 11 anos.

 

Conforme as investigações, no dia 14 de agosto do ano passado, um boletim de ocorrência foi registrado, relatando que o acusado teria engravidado a menor. Dois dias depois, no dia 16 daquele mês, o titular da Delegacia de Polícia de Ladário, Rodrigo Blonkowski, representou pela prisão preventiva do acusado. Porém, o pedido foi negado pelo poder judiciário mediante manifestação do Ministério Público Estadual.

 

No entanto, depois da decisão judicial, novos fatos aconteceram, ficando caracterizado o desrespeito às medidas cautelares que proibiam o acusado de se aproximar da menina. Ele foi visto na Maternidade junto com a vítima, como também, já morava com a menina. Isso foi constatado pelo relatório de acompanhamento psicossocial do Centro de Referência em Assistência Social (CREAS) de Ladário.

 

A família da garota, desde o início foi orientada e acompanhada, mas mesmo diante disso não houve qualquer alteração da situação, resultando no delito de estupro de vulnerável.

 

O delegado Rodrigo Blonkowski enfatizou que casos como esse, infelizmente, ocorrem com frequência na região. “O inquérito se encontra em fase de conclusão, podendo resultar inclusive na responsabilização dos pais da menina. A Polícia Civil, Conselho Tutelar e CREAS estão atentos e cada vez mais afinados buscando reprimir a exploração sexual de crianças e adolescentes”, alertou o titular da delegacia.

 

Depois de ser preso, o homem foi encaminhado à Delegacia de Ladário, onde passou por exame de corpo de delito e se encontra à disposição da Justiça.