Menu
21º min
32º min

03/04/2019 às 09h38

Jornalista é agredida na frente das filhas em discussão no trânsito

Vítima foi atacada com socos e chute ao tentar estacionar


Correio do Estado
Foto: Divulgação

Caso foi registrado na Depac do Centro.

Jornalista de 38 anos foi agredida com socos e um chute durante desentendimento no trânsito ocorrido no início da noite de ontem, no centro de Campo Grande. Depois de bater na vítima, o agressor fugiu do local em uma caminhonete, mas a polícia conseguiu identificar o proprietário do veículo pelo registro da placa. O suspeito é um policial federal aposentado de 58 anos.

 

De acordo com o boletim de ocorrência, a jornalista seguia em seu carro Sandero com duas filhas pequenas, quando parou para estacionar na Rua Dom Aquino, com a seta ligada indicando sua ação. No entanto, ela percebeu que uma caminhonete Ranger branca parou logo atrás, impedindo que ela manobrasse de ré.

 

Na sequência, o condutor da Ranger desembarcou, foi na direção da vítima e começou a intimidá-la. A mulher tentou se justificar ao desconhecido, alegando que estava transitando devagar porque procurava vaga para estacionar, mas o homem rebatia dizendo que ela estava “fazendo sacanagem com ele”.

 

Em seguida, ele a agrediu com dois socos no ombro e no rosto perto da orelha, e depois ainda deu um chute na virilha dela.  O homem fugiu, mas a Polícia Militar foi acionada e conseguiu identificá-lo. A jornalista registrou o caso na Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac) do Centro) e disse que não conhece o homem e que jamais tinha o visto.