Menu
21º min
32º min

16/04/2019 às 09h38

IVINHEMA: Pesquisa encontra 27 tipos de veneno na água, sendo 11 associados ao câncer


Ivinoticias
Foto: Divulgação

Pesquisa encontra 27 tipos de veneno na água, sendo 11 associados ao câncer

Um coquetel que mistura diferentes agrotóxicos foi encontrado na água de 1 em cada 4 cidades do Brasil entre 2014 e 2017. Nesse período, as empresas de abastecimento de 1.396 municípios detectaram todos os 27 pesticidas que são obrigados por lei a testar. Desses, 16 são classificados pela Anvisa como extremamente ou altamente tóxicos e 11 estão associados ao desenvolvimento de doenças crônicas como câncer, malformação fetal, disfunções hormonais e reprodutivas.

 

Conforme apurou o Site Ivinoticias, o município de Ivinhema é uma das cidades que deve ficar em alerta, foram encontrados 27 agrotóxicos na água que abastece Ivinhema, sendo que 11 associados a doenças crônicas como câncer, defeitos congênitos e distúrbios endócrinos.

 

 

Nas pesquisas foram encontrados Alaclor, atrazina, carbendazim, clodano entre outros que são muito prejudiciais à saúde. O retrato da contaminação da água gerou alarde entre profissionais da saúde. “A situação é extremamente preocupante e certamente configura riscos e impactos à saúde da população”, afirma a toxicologista e médica do trabalho Virginia Dapper. O tom foi o mesmo na reação da pesquisadora em saúde pública da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) em Pernambuco, Aline Gurgel: “dados alarmantes, representam sério risco para a saúde humana”.

 

Os dados são do Ministério da Saúde e foram obtidos e tratados em investigação conjunta da Repórter Brasil, Agência Pública e a organização suíça Public Eye. As informações são parte do Sistema de Informação de Vigilância da Qualidade da Água para Consumo Humano (Sisagua), que reúne os resultados de testes feitos pelas empresas de abastecimento.




PRIMEIRA PÁGINA