Menu
21º min
32º min

08/05/2019 às 14h09

Traficantes de Deodápolis são presos em uma mata na BR-463

Dois moradores de Deodápolis foram localizados na manhã de hoje em uma fazenda perto da BR-463 após 20 horas no mato


Campo Grande News
Foto: Divulgação

Os dois traficantes foram localizados na mata por policiais rodoviários federais

Foram presos na manhã desta quarta-feira (8) os dois traficantes que estavam em um Chevrolet Astra lotado de maconha, destruído por um incêndio na manhã de ontem na BR-463, entre Dourados e Ponta Porã.

 

Vitor Junior de Souza Faria, 24, e José Lucas Jovelino Nunes, 24, os dois moradores em Deodápolis, foram localizados em uma fazenda por policiais rodoviários federais que faziam buscas desde ontem. Os dois passaram pelo menos 20 horas escondidos no mato.

 

De acordo com o inspetor Waldir Brasil Junior, chefe da PRF (Polícia Rodoviária Federal) em Dourados, os dois contaram que pegaram o carro com pelo menos 800 quilos de maconha em Pedro Juan Caballero para levar até Dourados. Boa parte da carga foi destruída pelas chamas junto com o carro, mas os policiais conseguiram resgatar 250 quilos do porta-malas.

 

Incêndio destruiu totalmente o Astra e queimou boa parte da carga de maconha (Foto: Divulgação)

 

O carro pegou fogo durante perseguição policial por 10 km da estrada após a dupla ignorar a ordem de parada e jogar o veículo na direção dos policiais.

 

A suspeita é de que o incêndio tenha sido provocado por uma pane elétrica. Como o Astra parou fora da rodovia, sobre a vegetação, o capim seco ajudou a propagar as chamas. O carro tinha sido roubado em Arujá (SP).