Menu
21º min
32º min

10/05/2019 às 13h50

Defesa quer sessão única para julgar Cirilo e Pepa


DOURADOS NEWS
Foto: CMD

A defesa do vereador afastado Cirilo Ramão (MDB) quer a realização de uma sessão única entre o parlamentar e o ex-colega de Câmara, Pedro Pepa (DEM), também afastado judicialmente. Ambos foram presos no dia 5 de dezembro do ano passado dentro da Operação Cifra Negra, desencadeada pelo Ministério Público Estadual investigando suposto esquema de corrupção na Casa. 

 

De acordo com o documento entregue à comissão processante, assinado pelo advogado Fernando Baraúna Recalde, a qual o Dourados News teve acesso, a solicitação é que ‘seja una a sessão para julgamento, art. 5º, V, do Decreto-Lei nº 201/1967, das Denúncias nº 147/2019 (Pepa) e 148/2019 (Cirilo), por serem conexas e prestigiando a economia processual e a duração razoável do processo’. 

 

A acusação contra os dois e Idenor Machado (PSDB), outro preso na Cifra Negra, é de quebra de decoro parlamentar e foi realizada pelo farmacêutico bioquímico Racib Panage Harb. 

 

Eles são suspeitos, conforme as investigações, de receber propina para manter contratos com empresas de tecnologia na Câmara de Vereadores de Dourados há pelo menos oito anos.