Menu
21º min
32º min

16/05/2019 às 13h20

Pitbull solto na rua ataca e mata poodle em frente aos donos

Animalzinho de estimação fugiu quando moradores guardavam carro e não resistiu às mordidas de cão de médio porte


top midia news
Foto: Reprodução/JP News

Um cão da raça pitbull atacou e matou um poodle na frente de seus donos, na rua Irmãos Spinelli, no bairro Parque São Carlos em Três Lagoas. O animal de estimação teria saído para a rua, no momento em que a garagem foi aberta para os moradores manobrarem um carro. O incidente ocorreu por volta das 18h30 de terça-feira (14) e foi registrado na Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac).

 

De acordo com os donos do poodle, um casal (ela de 27 e ele de 25 anos), o pitbull estava solto na rua.

 

Os moradores tentaram apartar os cães, mas a pressão das mordidas do animal mataram o poodle instantaneamente. O casal afirmou na Depac, que deram chineladas e chutes no pitbull, mas ele só cessou o ataque após a morte do outro animal. Os donos não souberam informar a quem pertence o cão agressor, mas pedem providências à polícia. O caso foi registrado como omissão de cautela na guarda ou condução de animais.

Outros casos

 

Na noite de 31 de dezembro de 2018, uma criança de 1 anos e quatro meses foi atacada por uma cão mestiço de pitbull, no bairro Jardim Eldorado, em Três Lagoas. Segundo a irmã mais velha, a menina estava na calçada, quando foi brincar com o cachorro que pertence a uma moradora do bairro. Ao passar a mão no animal, o cão atacou a criança que teve ferimentos no olho e na cabeça.

 

A menina foi socorrida e encaminhada para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA), depois para o Hospital Auxiliadora. Mas devido à gravidade, foi transferida para Campo Grande. A criança teve a pálpebra reconstruída e hoje convive normalmente, ficando com pequenas cicatrizes do incidente. Na cidade de Antônio João, fronteira com o Paraguai, um bebê de 8 meses foi atacado por um cão da raça pitbull, na noite de 6 de fevereiro deste ano.

 

A menina chegou a ser socorrida pelos pais, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

 

O cachorro pertence aos pais da vítima. A bebê, que completaria 9 meses essa semana, brincava na sala da casa quando foi atacada a mordidas em várias partes do corpo. Os pais levaram a criança ao Hospital Municipal da cidade, onde chegou em estado grave. A morte foi confirmada pouco tempo depois. O animal foi levado para a casa de um tio da menina, que é veterinário