Menu
21º min
32º min

16/05/2019 às 13h44

Suspeito de matar motorista de aplicativo a tiros é preso

Motoristas de aplicativos se reuniram em frente à delegacia e clima ficou tenso


correio do estado
Foto: correio do estado

Suspeito de matar o motorista de aplicativos Rafael Baron, 24 anos, a tiros após uma corrida, se entregou hoja na 5ª Delegacia de Polícia Civil de Campo Grande. Igor César de Lima Oliveira, 22, confessou o crime e disse que matou o motorista por ciúmes da esposa. Diversos motoristas fizeram protesto em frente à delegacia e o clima ficou tenso na chegada do suspeito.

 

Crime aconteceu na noite de segunda-feira (13), no condomínio Reinaldo Buzanneli, onde o casal morava, no bairro Campo Nobre. O motorista foi acionado para uma corrida e, ao chegarem no destino solicitado, Igor matou Rafael a tiros porque não teria gostado do fato dele ter conversado com sua esposa durante o trajeto.

 

De acordo com o delegado Ricardo Meirelles, desde o dia do crime a polícia fez diligência para em buscas pelo suspeito e, em negociação com o advogado, foi feita a prisão na manhã de hoje. A hipótese de latrocínio (roubo seguido de morte) foi descartada e a polícia trabalha na linha de homicídio com motivação passional.

 

“Ele disse que o comportamento do rapaz [vítima] foi inapropriado e suficiente para ele perder o controle. Chegando no apartamento, ele correu, pegou a arma de fogo e foi lá e efetuou os disparos. Ele disse que não deu mais disparos porque tinha apenas duas munições”, explicou o delegado.