Marçal quer dinheiro do fundo eleitoral no combate ao coronavírus

ASSESSORIA


O deputado estadual Marçal Filho sugere que os partidos políticos destinem os R$ 2,035 bilhões do Fundo Especial de Financiamento de Campanhas (FEFC) para ações de combate à pandemia de coronavírus no Brasil. O fundo eleitoral prevê dinheiro para custear as campanhas para a sucessão municipal prevista para outubro.

 

Nesta segunda-feira (23) ele encaminhou um ofício ao PSDB estadual e nacional para que optem por destinar o recurso de campanha do partido para auxiliar na guerra contra a pandemia. "Este não é um momento de se pensar em eleições, em campanhas, temos que concentrar nossos esforços no combate ao coronavírus", defende o deputado.

 

A ideia de Marçal é que, enquanto durar o combate ao Covid-19, os recursos previstos para campanhas eleitorais sejam destinados ao serviço público de saúde.

 

Ele espera que o PSDB acate a proposta e que possa dialogar com os demais partidos, para que todos estejam juntos na luta de combater o vírus.

 

Muitas cidades em Mato Grosso do Sul e no País já adotaram toque de recolher e editaram decretos de suspensão de abertura do comércio e de funcionamento do transporte.

 

As medidas, consideradas enérgicas, têm sido consideradas essenciais neste momento para evitar que mais pessoas sejam infectadas pelo Covid-19.

 

Para Marçal, é necessário que todos estejam unidos neste momento. "Temos que centrar todos os esforços em combater o coronavírus. Juntos vamos sair dessa", resumiu.



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE