Número de pacientes dispara no interior e MS atinge 85 casos confirmados de coronavírus

MIDIAMAX


O secretário Estadual de Saúde Geraldo Resende, o secretário de Governo Eduardo Riedel e a secretária adjunta Cristina Maymone apresentaram os dados do novo coronavírus em Mato Grosso do Sul nesta quarta-feira (8), que chegou a 85 casos confirmados e dois óbitos.

 

Com um aumento de 5 casos desde a terça, o Estado tem casos de Covid-19 em todas as quatro macrorregiões de Saúde do Estado. Os cinco a mais foram todos confirmados em Três Lagoas. São 48 casos em Campo Grande, 9 em Nova Andradina, 6 em Batayporã, 6 em Dourados, 8 em Três Lagoas, 2 em Chapadão do Sul e um caso em cada uma das cidades: Corumbá, Sidrolândia, Ponta Porã, Sonora, Alcinópolis e Rio Verde de Mato Grosso.

 

Ao todo, são 796 casos notificados, 43 em investigação, 656 descartados, 12 excluídos e duas mortes. 25 pessoas estão em isolamento domiciliar no Estado, sendo que 36 finalizaram a quarentena, 15 permanecem internados, seis em leitos do SUS e 9 em clínicas privadas.

 

A maior quantidade de casos ainda é em mulheres no Estado, sendo 56% dos pacientes e a maior quantidade de casos são em pessoas entre 30 e 39 anos.

 

Resende afirmou em coletiva que MS é o segundo pior Estado do país em termos de isolamento, perdendo apenas para o Tocantins. “Vamos trabalhar e conscientizar a população para que este número seja melhor, para que a gente consiga sair da segunda pior posição do país para que aumente o isolamento”.

 

Existe recomendação do Ministério da Saúde para que as pessoas só saiam de casa de máscaras. Até mesmo as caseiras são eficientes.

 

Três Lagoas

 

Em Três Lagoas, o aumento de casos coincide com a reabertura do comércio. “O maior desafio da Saúde não tem nem sido equipar os hospitais neste momento, mas convencer as pessoas a ficarem em casa”, relatou o secretário Geraldo Resende.

 

Somente nesta quarta, foram confirmados mais cinco casos na cidade. Proporcionalmente, Nova Andradina já tem mais casos do que Campo Grande, por exemplo, explicou Resende.



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE