Linha de cerol causa corte grave em rosto de motociclista

Acidente aconteceu no último dia 8 nas proximidades do Hospital Regional


Uma jovem motociclista de 25 anos, sofreu um acidente com linha de cerol, na tarde do último dia 8, próximo ao Hospital Regional.

 

A reportagem do Jornal da Nova apurou, junto a avó da jovem, que a vítima conduzia uma motoneta Honda/Biz e estava levando o marido para o trabalho, quando foi surpreendida por uma linha com cerol que passou no rosto dela, fazendo com que a pele do queixo caísse parcialmente. 

 

O casal não sofreu queda, pois o marido que estava na garupa estabilizou o ciclomotor, no entanto, com uma mão a motociclista segurou o queixo onde o pedaço da pele havia caído, e com a outra mão tentou retirar a linha, fato que provocou outro corte de natureza grave, desta vez no dedo.

 

O próprio homem socorreu a esposa até o Hospital Regional, onde ela passou por cirurgia no rosto e levou vários pontos nos ferimentos. A vítima recebeu alta e vem se recuperando em casa.

 

No local do fato havia várias pessoas de diversas idades, entre criança e adultos, soltando pipas, e todos se evadiram do local assim que perceberam o ocorrido.

 

Perigos do cerol

 

O cerol é uma substância proibida feita à base de cola, pó de vidro e outros compostos que são bons condutores de eletricidade. Quem produz o cerol normalmente o faz para cortar linhas de outras pipas. Em contato com a pele, esse composto é capaz de provocar graves ferimentos e levar à morte.

 

A linha com cerol pode representar risco de vida para os motociclistas, ciclistas e até pedestres. Mesmo a linha comum, sem cerol, pode causar acidentes se ficar atravessada em vias públicas.

 



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE