Mulher é multada em R$ 5 mil por manter papagaio na gaiola por anos sob maus-tratos

MIDIAMAX


Animal foi levado para o Cras de Campo Grande. (Foto: Divulgação/PMA)

Uma mulher de 51 anos foi multada, nesta segunda-feira (28), em mais de R$ 5 mil por manter um papagaio preso na gaiola por anos, sem comida e maus-tratos, em Costa Rica, a 398 quilômetros de distância de Campo Grande.

 

De acordo com a PMA (Polícia Militar Ambiental), a Polícia Civil realizou buscas na residência após denúncia de um morador estar com uma arma ilegal. O papagaio foi encontrado com manchas de óleo espalhadas pelas asas, patas e cabeça.

 

A ave estava apenas com um pedaço de mamão na gaiola e a mulher não explicou o motivo do animal estar sujo com óleo. O papagaio foi pego em uma fazenda, e depois aprisionado em uma gaiola pequena.

 

A mulher foi levada para delegacia da cidade e vai responder por crime ambiental com pena e maus-tratos. A ave foi encaminhada para o Cras (Centro de Reabilitação de Animais Silvestres), onde passará por tratamentos e cuidados.



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE