ANGÉLICA: Casal é preso condenado no semiaberto por submeter adolescente a se prostituir em Ipezal

JORNAL DA NOVA


Foto: Ivinoticias

R.C.S. de 62 anos, e M.A.M. de 40 anos, foram presos nesta quarta-feira (5), em Angélica, pela Polícia Civil. Eles estavam foragidos da Justiça após serem condenados no regime semiaberto por favorecimento da prostituição.

Segundo consta nos autos, entre os dias 16 e 21 de dezembro de 2010, na avenida Presidente Vargas em Ipezal, distrito de Angélica, os condenados agindo em comunhão de esforços, caracterizado pela unidade desígnios, visando objetivo comum, com fim de obter vantagens econômica, submeteram uma adolescente, de 15 anos, à época dos fatos, a se prostituir.

Naquela ocasião, além de submeterem a menor à prática da prostituição, os denunciados ainda praticaram atos para dificultar o abandono da vítima da prática.

Na época, o casal matinha uma casa de prostituição naquele distrito, local em que as mulheres praticavam relações sexuais com outros homens mediante a contraprestação.

A vítima foi ludibriada numa oferta de trabalho honesto, mas quando chegou no distrito, foi deixada na casa de prostituição.



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE