PMA autua proprietário rural por desmatamento ilegal e incêndio de vegetação


Durante fiscalização nas propriedades rurais do município de Nioaque, Policiais Militares Ambientais de Jardim flagraram no assentamento Boa Esperança ontem (19), um desmatamento de vegetação de cerrado, que fora executado sem autorização ambiental. Além do desmatamento ilegal, o infrator ainda realizou a queima do material lenhoso em leiras, também sem autorização do órgão ambiental competente.

 

O desmatamento e o incêndio do material lenhoso foram realizados em mudança do uso do solo para atividades de plantio de pastagem. A área desmatada foi medida em GPS perfazendo 8,4 hectares. Contra o infrator de 56 anos, residente em Nioaque, foi confeccionado auto de infração administrativo e arbitrada multa de R$ 3,4 mil.

 

Ele também responderá por crime ambiental, que prevê pena de três a seis meses de detenção.



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE